Na minha opinião

2
Então hoje eu vou começar assim: Na minha humilde opinião, as pessoas não têm mais nada para fazer da vida. Pelo que tenho visto aqui pelo face, e antes que comece o disse me disse, não, não aconteceu nada comigo, mas coisas que vejo aqui e ali que me fizeram chegar aqui para escrever. Eu, por exemplo, sou mãe, esposa, empresária, dona de casa, cozinheira, faxineira, médica, enfermeira, curandeira, amiga, psicóloga, rezadeira, contadora de histórias loucas para crianças dormir, cantora de luz apagada, dentre tantas outras atribuições, não acho que me sobra tempo para ficar aqui ou ali agredindo pessoas que mal conheço apenas por não concordar com uma opinião, ou me preocupar se a atenção que eu desejo é a que a pessoa pode me dar, afinal de contas ela também tem as suas funções diárias, e talvez, assim como eu, falta tão pouco do seu tempo que prefira responder educadamente e dedicar mais tempo a uma boa leitura, ou até mesmo para especular sobre a vida de A e B, quando nem somos capazes de saber a verdade sobre a vida, já que facebook não revela a vida de ninguém, apenas as fantasias e as histórias criadas para colorir o nosso mundo. Esta não é a nossa realidade, nem a minha nem a de ninguém, então eu me vejo, no último dia do carnaval, e olha que ao contrário do que dizem por aí, aqui carnaval é coisa séria, pensando no que leva uma pessoa a gastar os seus míseros minutos restantes para, entre um prato e outro para lavar, e a roupa transbordando no balde, a cama por fazer, vem aqui para agredir outra pessoa, ou para esculhambar o gosto de alguém e ainda no final coloca o tão absurdamente ultrapassado ‪#‎prontofalei‬ ? Como se humilhar, ameaçar, desejar o inferno ao próximo fosse a coisa mais bonita para se colocar em sua página. É, eu acho que ou eu estou ocupando o meu tempo demais ou as pessoas perderam a noção da boa educação, do amor ao próximo, mesmo que o próximo esteja do outro lado da tela, da boa convivência, dos limites necessários... Pode ser, e neste ponto eu acho que deixamos de enxergar, que por nos acharmos com este direito, muitos outros estão sendo esquecidos. Que por deixarmos de brincar com nossos filhos por cinco minutos porque precisamos estar aqui criando discórdia, que por deixarmos de olhar a janela e sorrir para um dia de chuva porque precisamos mandar uma mensagem "inbox" para deixar clara a sua visão equivocada sobre aquela pessoa, que por largarmos os bons livros para acompanhar o último "bafão" naquele grupo onde uma pessoa não gostou da posição da outra; que a intolerância esteja reinando. Que pessoas se achem no direito de matar, filmar e exibir, pois sempre tem quem assista, não é? Que garotas se deixem ser filmadas em situações escandalosas, afinal de contas, internet é algo tão bom que mamãe e papai não saem da frente do computador, não é? Gente, se vamos gastar tempo aqui ou ali, então vamos fazer da forma certa. Opinião, todo mundo tem e ninguém vale mais ou menos por causa disso. Vida fora da internet, todo mundo tem, e você precisa compreender que nem sempre a pessoa estará a sua disposição. Gosto literário, perdão, mas é mesmo igual aquele pontinho do seu corpo que quando você fala todo mundo cora e ri como se fosse algo proibido (por isso não posso nomear aqui), todo mundo tem o seu (eu tenho todos, graças a Deus!). Tipo de filme, cor preferida, alto ou baixo, magro ou gordo, preto ou amarelo, chuva ou sol... Isso não é o suficiente para que você dedique seus parcos minutos para criar um problema. Se você acha que sim, eu volto a dizer: as pessoas não têm mais nada para fazer da vida.

2 comentários:

Nicole Brooman disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
flavia lobo disse...

Tati, gostaria muito de um bônus com a versão do Robert sobre o final do livro! O que ele sentiu com a morte de Tanya, e qual era o tipo de amor que ainda existia por ela ,e o que ele fez durante o mês após seu suicídio.
Acredito que a muita curiosidade em relação ao que ele pensava e sentia , diante dos fatos e também reafirmará o seu amor por Melissa! Beijos , amo a trilogia, espero que aceite essa sugestão!

Postar um comentário